Autores

17 Mario Bentes – Autor e Jornalista.

Mário Bentes nasceu em Manaus, Amazonas, em 1984. Sempre demonstrou interesse pela leitura e escrita, mas começou a cultivar o desejo de escrever suas próprias histórias depois de ler, ainda na infância, os livros “A cidade muda”, de Eduardo Amos; “Rolando na duna”, de Manoel Cardoso; e “Vavá, entre o medo e a coragem”, de Jair Vitória. Consolidaram tal desejo alguns clássicos nacionais lidos na adolescência, como “Miranda e o Bem-te-vi”, de Regina Vieira; “Entre a espada e a Rosa”, de Marina Colasanti, e os conhecidos títulos da série Vaga-Lume, com destaque para “O Escaravelho do Diabo”, de Lúcia Machado de Almeida.

Ainda mais jovem, começou escrevendo contos em estilo “noir”, principalmente de gêneros policiais e de suspense, em referência a autores como Agatha Christie e Stephen King. Hoje suas maiores inspirações são o norte-americano Ernest Hemingway, o colombiano Gabriel García Márquez e o argentino Jorge Luis Borges. Completam a lista de referências o português José Saramago e os ingleses Alan Moore e Neil Gaiman – os dois últimos mais conhecidos pelas obras em quadrinhos.

É autor dos contos “O pássaro verde e o velório” (Moedas para o Barqueiro – Andross, 2010); “Sobre as águas” (Histórias Liliputianas – Andross, 2010); “A quinta trombeta” (Moedas para o Barqueiro, Volume 2 – Andross, 2011); “Insuspeito para um caso encerrado” e “O interrogatório do estranho menino” (Jogos Criminais – Andross, 2011).

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s